Previsão é de que 406 imóveis sejam desapropriados

Decreto do governador Geraldo Alckmin (PSDB), publicado em 8 de maio deste ano, declarou como de utilidade pública uma área de 407,4 mil metros quadrados - equivalente a quase 58 campos de futebol como o do Estádio do Pacaembu - que poderá ser desapropriada para as obras da Linha 6-Laranja.

O Estado de S.Paulo

13 Julho 2012 | 03h03

Elas foram definidas com base nos estudos que o Metrô já havia feito para o traçado da linha, mas ainda não há definição se todas as áreas serão usadas para a construção do novo ramal da rede metroviária.

A previsão é de que locais nos bairros da Freguesia do Ó, na zona norte, de Lapa e Perdizes, na zona oeste, e de Higienópolis e Bela Vista, no centro, sejam afetados pelo processo.

A maioria dos imóveis declarados de utilidade pública é residencial: 214. Os comerciais somam 140 e os terrenos baldios, 52. O Metrô não informou se pode haver novos decretos de desapropriação. Os imóveis passariam por perícia judicial. O ajuizamento das ações de desapropriação deverá ocorrer no segundo semestre. / CAIO DO VALLE

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.