Previsão de chuva esvazia festival de rock

Estava tudo muito calmo nas imediações do Jockey, onde aconteceu o Planeta Terra, que reuniu bandas da cena indie

ROBERTO NASCIMENTO, JULIO MARIA, O Estado de S.Paulo

21 Outubro 2012 | 03h01

Um silêncio anormal dominava a rua que dava acesso ao Jockey Club, às 20h de ontem, onde ocorreu o Festival Planeta Terra. Não havia camelôs nem cambistas e quase não se via público. Os comentários eram que as previsões de chuva e o cancelamento do show do Kasabian esvaziaram o festival, que começou às 17h com Mallu Magalhães.

Mas os fãs que tomavam as pistas dos palcos Principal e Indie não pareciam preocupados. O quinteto The Drums surgiu às 20h45 no Palco Indie. Virou apenas boa diversão, talvez a única pretensão da banda. Antes do anoitecer, um Lexotan sonoro tomou conta do festival. Best Coast fez um bom show, mas pecou nos andamentos letárgicos, que enfatizavam demais as letras melancólicas. E o Suede já não tem o vigor de antes. Sobrou para a rapper Azealia Banks acender o pavio da noite. Com mistura de house music, hip hop e rimas, Azealia agitou a massa.

O Kings of Leon subiu ao palco Principal pontualmente às 22h para encerrar o festival. Era visivelmente o maior público do evento. Os irmãos Followill e o primo guitarrista Matthew investiram no pop rock e atraíram público mais jovem.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.