Previsão de arrecadação com multa de trânsito é de quase R$ 1 bilhão

A arrecadação da Prefeitura com multas de trânsito será um dos itens do orçamento que terá maior crescimento. Devem entrar nos cofres municipais em 2013 um total de R$ 925 milhões em autuações aplicadas aos veículos, ante os R$ 820 milhões que devem entrar até o fim deste ano, o que representa aumento de 12,8%. Essa variação está acima da previsão para o total do orçamento (8,5%) e dos novos investimentos (1,6%).

O Estado de S.Paulo

29 de setembro de 2012 | 03h01

O valor arrecadado com multas vem aumentando sem cessar ano a ano durante a gestão Kassab. Em 2008, eram apenas R$ 386,1 milhões - ou seja, o valor mais do que dobrou neste ano. Desde 2008, a cidade ganhou 354 radares eletrônicos, mais 250 marronzinhos, 800 policiais de trânsito e 112 câmeras que multam quem não respeita faixas de pedestres, além de 1,2 milhão de novos veículos.

A maior parte do dinheiro das multas vai para o custeio da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), que inclui também verba de sinalização e educação de trânsito. Outros R$ 100 milhões dessa verba vão para a construção de corredores de ônibus na Avenida Inajar de Souza, na zona norte, e no Campo Limpo e Vila Sônia, zona sul.

No total, estão previstos R$ 2,5 bilhões para gastos em transportes em 2013 - R$ 250 milhões deverão ir para o Metrô.

Ônibus. O valor da passagem de ônibus para o ano que vem ainda não está definido, mesmo com a apresentação do orçamento. Segundo o secretário de Planejamento, Rubens Chammas, os estudos para o cálculo do novo valor só foram iniciados agora e serão concluídos nos próximos meses. / D.Z. e R.B.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.