Tiago Queiroz/Estadão
Tiago Queiroz/Estadão

Prestes a atingir 80% de vacinados, Prefeitura libera eventos, parques e mesas na calçada

O Vale do Anhangabaú será reaberto neste domingo, 25, das 8h às 12h. Os últimos dados da Secretaria da Saúde, divulgados neste sábado, apontam para 79,3% de vacinados

Redação, O Estado de S.Paulo

24 de julho de 2021 | 12h30
Atualizado 26 de julho de 2021 | 15h30

Prestes a atingir 80% da população elegível vacinada contra à covid-19, a Prefeitura de São Paulo publicou, neste sábado, 24,  em seu Diário Oficial, autorizações para a liberação de parques, equipamentos esportivos, eventos e mesas nas calçadas para estabelecimentos que já tiverem TPU (Termo de Permissão de Uso).

Os últimos dados da Secretaria da Saúde, divulgados neste sábado, 24, apontam para 9.677.429 de doses de vacina contra a covid-19 (7.005.186 aplicações de primeira dose, 2.361.718 de segunda dose e 310.525 doses únicas). O número de aplicações de primeira dose ou dose única equivale a 79,3% dos maiores de 18 anos, público elegível para vacinação até o momento. 

A Prefeitura já confirmou a reabertura do Vale do Anhangabaú para esse domingo, 25, das 8h às 12.  Além disso, os parques públicos municipais, Centros Desportivos da Comunidade (CDCs) e Centros Esportivos começaram a funcionar neste sábado, dia 24,  em horário normal.

De acordo com o decreto, a realização das atividades como feiras, convenções, congressos e outros eventos, exceto festas, na Cidade de São Paulo, estarão liberados quando a cidade atingir 80% da população vacinada - desde que os participantes tenham recebido ao menos uma dose da vacina contra a covid-19 e que sejam atendidas as regras e restrições de funcionamento dos estabelecimentos

previstas no Plano São Paulo.

O mesmo vale para a ocupação de mesas e cadeiras nas calçadas por bares, confeitarias, restaurantes, lanchonetes e assemelhados. A autorização é para aqueles estabelecimentos que já possuem o Termo de Permissão de Uso (TPU) destes espaços. O uso também deve obedecer a limitação de capacidade prevista no Plano São Paulo.

Paulista aberta 

Neste domingo, 25, a Avenida Paulista terá dois postos de vacinação contra a covid-19 para todo o público de 30 a 34 anos que busca a primeira dose. Além disso, serão aplicadas também as segundas doses da vacina para todos que já estão aptos a receber o complemento. A abertura da avenida para pedestres e ciclistas faz parte do programa Paulista Aberta que foi retomado no domingo passado, 18, depois de mais de um ano desde o início da pandemia.

Duas farmácias da rede Drogaria São Paulo, que são parceiras da Secretaria Municipal da Saúde na campanha, serão os pontos de vacinação: localizadas nos números 2.371 e 266 da Avenida Paulista. A ação será das 8h às 12h.

No domingo também terá vacinação contra covid-19 na Galeria Prestes Maia, na Praça do Patriarca, nº 2, das 8h às 12h. 

 

Para agilizar o atendimento no domingo, a Secretaria Municipal da Saúde indica o preenchimento prévio do pré-cadastro no site VacinaJá. Além disso, o munícipe interessado em se vacinar deve apresentar documento de identificação com foto, CPF, o cartão SUS (se tiver) e comprovante de residência, obrigatório com um endereço da capital paulista,  que pode ser apresentado de forma física ou digital. 

 

No domingo anterior (18), o programa Paulista Aberto foi retomado depois de mais de um ano desde o início da pandemia de covid-19. Em caráter experimental e por pouco tempo, a avenida abriu das 8h e fechou às 12h, com a ciclofaixa da avenida aberta para uso até as 16h. Antes da pandemia, a Paulista ficava aberta das 10 horas às 18 horas, aos domingos e feriados. A reabertura teve  movimento intenso e houve alguns pontos de aglomeração. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.