Prestador de serviço assedia jovem em SP

O técnico Éder Fernando Silva Farias, de 30 anos, que prestava serviço em telecomunicações, foi indiciado por estuprar uma estudante de 20 anos durante atendimento na casa da vítima, no Jaguaré, zona oeste da capital. Segundo a polícia, às 16 horas de sábado o técnico uniformizado foi à casa da jovem para trocar equipamentos. Após concluir o serviço, teria assediado e ameaçado a estudante. Os dados do técnico foram fornecidos pela empresa e a vítima reconheceu o acusado na delegacia. Eder confessou o crime.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.