Presos fogem durante traslado na Marginal do Tietê

Quatro fugitivos faziam parte de grupo de 26 que estavam sendo levados para Pinheiros

Priscila Trindade, Central de Notícias

10 de setembro de 2010 | 16h38

A Secretaria da Administração Penitenciária (SAP) informou que quatro presos fugiram na tarde desta sexta-feira, 10, quando eram transportados pela Marginal do Tietê, perto da Ponte da Vila Guilherme, na zona norte de São Paulo.

 

Eles faziam parte de um grupo de 26 presos que estavam sendo transferidos da Penitenciária José Parada Neto, em Guarulhos, para o Centro de Detenção Provisória II e III de Pinheiros.

 

Os presos - que estavam na ala de seguro - ameaçaram realizar um motim após terem recebido a notícia de que outros presos poderia invadir aquela ala.

 

Ao dar entrada nos CDPs de Pinheiros, foi constatado que no interior do carro-forte havia apenas 22 presos. Segundo a SAP, o transporte não era escoltado pela polícia.

 

Um helicóptero do Grupamento Aéreo da Polícia Militar sobrevoou a região por volta das 15h30 à procura dos criminosos. Até às 17h30, a SAP e a PM não sabiam informar se os fugitivos já haviam sido recapturados.

 

A Corregedoria Administrativa do Sistema Penitenciário foi acionada para apurar o caso.

 

Texto atualizado às 17h47.

Mais conteúdo sobre:
Marginal do Tietê

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.