AUGUSTO DE PAIVA/CORREIO POPULAR
AUGUSTO DE PAIVA/CORREIO POPULAR

Presos fazem rebelião em Hortolândia e mantêm 3 agentes reféns

Secretaria da Administração Penitenciária afirma que Grupo de Intervenção Rápida está no interior do presídio negociando a liberação dos reféns

O Estado de S. Paulo

11 Julho 2016 | 20h44

SÃO PAULO - Presos da Penitenciária II de Hortolândia iniciaram uma rebelião nesta segunda-feira, 11, e mantêm três agentes penitenciários reféns na unidade que fica na região de Campinas, no interior de São Paulo.

Segundo a Secretaria Estadual da Administração Penitenciária (SAP), o Grupo de Intervenção Rápida já está no interior do presídio negociando a liberação dos reféns.

Ainda de acordo com a pasta, os detentos estão confinados nos pavilhões e a segurança externa foi reforçada. 

A Penitenciária II de Hortolândia, que fica na rodovia que liga Campinas à cidade de Monte Mor, tem capacidade para 855 presos em regime fechado, mas atualmente abriga 1.897 detentos, segundo a SAP. 

Mais conteúdo sobre:
SÃO PAULO Penitenciária Campinas

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.