Presos fazem motim contra superlotação em Nova Horizonte (SP)

Detentos só encerraram rebelião após promessa de serem transferidos; um carcereiro e dois presos foram feitos reféns

Bruno Lupion, do Estadão.com.br,

14 Fevereiro 2011 | 01h37

SÃO PAULO - Os detentos da Cadeia Pública de Novo Horizonte, a 399 km de São Paulo, se rebelaram na tarde de domingo, 13, em protesto contra a superlotação da carceragem e exigiram a transferência para penitenciárias da região.

 

Segundo a Polícia Militar (PM), os detentos renderam um carcereiro por volta das 13 horas e iniciaram a rebelião. Dois presos também foram feitos reféns e amarrados no pátio. Os amotinados botaram fogo em colchões e quebraram os cadeados das celas.

 

Policiais militares foram ao local e negociaram por cerca de três horas com os detentos, que encerraram a rebelião após receberem a garantia de que seriam transferidos. O motim terminou às 16 horas e ninguém se feriu, segundo a PM.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.