Presos explodem cadeia e não conseguem fugir

Após explodir a parede de uma das celas da Cadeia Pública de Serra Negra, a 142 km de São Paulo, na noite de anteontem, os 26 ocupantes do local frustraram-se com o buraco estreito demais para a passagem de uma pessoa que foi aberto. Ninguém se feriu nem fugiu. A polícia acredita em tentativa de resgate de um preso. A parede fica do lado do estacionamento da prisão - uma moto com placa clonada e as chaves no contato foi apreendida. A cela foi interditada e 21 detentos foram transferidos para outras cadeias.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.