Presos 3 suspeitos de roubos em bairros nobres

A Polícia Militar prendeu ontem de manhã três homens suspeitos de pertencer a uma quadrilha especializada em roubo à residência em bairros como Perdizes e Pacaembu, na zona oeste. Eles costumavam usar ternos para praticar os crimes.

Isis Brum, O Estado de S.Paulo

18 de outubro de 2010 | 00h00

Douglas Augusto Rabino de Souza, de 24 anos, Ricardo Silva Souza, de 22, e Tiago Macedo Oliveira, de 24, foram detidos em um Fiat Idea prata, roubado há 15 dias em Taboão da Serra, enquanto abasteciam o veículo em um posto de combustíveis na Avenida Doutor Arnaldo com a Rua Catalão, no Sumaré.

Policiais da 2.ª Companhia do 23.º Batalhão da PM notaram movimentação suspeita e armaram o cerco aos criminosos. Eles tentaram fugir, mas acabaram se entregando. Não houve tiroteio.

Segundo o capitão David Pedrozza Júnior, comandante do batalhão, foi feito um estudo da ação da quadrilha, cuja característica era usar veículos com os vidros escurecidos, com os quais passavam vagarosamente em ruas tranquilas das regiões nobres, à espera de uma oportunidade para invadir uma casa de alto padrão.

"Passamos essas informações para a tropa, que agiu dentro do que esperávamos", afirmou Pedrozza Júnior. "Essa operação foi o resultado de um estudo do comportamento dos criminosos e de planejamento". O capitão explicou que os homens se preparavam para mais um roubo na região.

Até o fim da tarde de ontem, os criminosos haviam sido reconhecidos por assaltos a casas em Santo Amaro e Itaim-Bibi, na zona sul, e Pacaembu e Pinheiros, na zona oeste. Foram presos em flagrante por roubo e receptação de veículo, além de porte ilegal de armas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.