Preso suspeito de matar irmã de lutador

Agentes da Superintendência de Inteligência do Sistema Penitenciário (Sispen) do Rio prenderam ontem, na Vila Isabel, na zona norte, Leonardo Luiz Batista, suspeito de participar do sequestro e morte da irmã do lutador Vitor Belfort, Priscila Belfort, de 29 anos. Batista era foragido do Instituto Penal Vicente Piragibe desde fevereiro. Priscila está desaparecida desde janeiro de 2004. Segundo a polícia, sequestradores teriam raptado, matado a jovem e queimado o corpo dela, que nunca foi localizado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.