Polícia Civil/Divulgação
Polícia Civil/Divulgação

Preso suspeito de comandar grandes roubos de carga no Estado

Albiazer Maciel de Lima, de 38 anos, é acusado de chefiar assalto ao centro de distribuição do Magazine Luiza e à fábrica da Samsung

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

05 de maio de 2015 | 16h09

SOROCABA - Policiais do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) de São Paulo prenderam na madrugada desta terça-feira, 5, em Sorocaba, um homem suspeito de comandar grandes roubos de cargas no Estado de São Paulo. De acordo com a Secretaria da Segurança Pública do Estado, o criminoso Albiazer Maciel de Lima, de 38 anos, chefiou o assalto ao depósito do Magazine Luiza, em Louveira, região de Campinas, na madrugada de sábado, 2, e é suspeito de ter comandado também o roubo à fábrica da Samsung, em Campinas, em junho de 2014.

Ainda segundo a polícia, Albiazer, conhecido como Bia, chefiava uma quadrilha com mais de 40 ladrões que agiam também em outros Estados. Ele foi preso em uma casa no Trujillo, bairro de classe média, próximo do centro de Sorocaba. A invasão da residência pelos policiais surpreendeu o bandido, que não teve tempo de reagir. Com o suspeito foram apreendidos um fuzil, grande quantidade de munição e 18 celulares. Os policiais encontraram na casa dois notebooks e um tablet que ligam o suspeito ao roubo da Samsung, já que estão entre os equipamentos furtados na ocasião.


Os celulares, que serão submetidos a perícia, eram usados pelo criminoso para se comunicar com outros integrantes do bando. Albiazer já havia sido condenado pela Justiça do Guarujá, litoral paulista, a mais de 50 anos por roubos e assaltos, e era considerado foragido. Ele estava usando um nome falso. O criminoso foi levado para São Paulo. 

No assalto ao Magazine Luiza, os bandidos invadiram o local usando perucas e bigodes postiços, além de uniformes de funcionários. O bando fez vários reféns e usou os funcionários para carregar duas carretas e dois caminhões com mercadorias. Parte da carga roubada foi recuperada depois que os veículos foram encontrados pela polícia. Um homem foi preso. No assalto à Samsung, o bando invadiu a indústria usando veículos da segurança e fugiu levando sete carretas carregadas com eletrônicos. Seis suspeitos de participação no assalto já haviam sido presos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.