Preso segundo suspeito de matar jovem da FGV

Ele estava em Cascavel, no Paraná, e deve ser transferido para Curitiba

Pedro da Rocha e Plínio Delphino,

05 Março 2011 | 21h45

Foi preso em Cascavel, no Paraná, neste sábado, 5, o segundo suspeito de matar o universitário Julio César Grimm Bakri, de 22 anos, próximo à Fundação Getúlio Vargas (FGV). O detido Valmir Ventino da Silva, de 19 anos, será transferido pela Policia Civil, ainda hoje, para Curitiba.

 

Bakri foi morto no dia 23 de fevereiro à noite, em um bar na Avenida 9 de Julho, a cem metros da faculdade. Dois homens de capacete entraram no bar e atiraram na direção de Bakri e seu amigo, Christopher Akio Cha Tominaga, que também cursa o 4.º ano de Administração na FGV.

 

O primeiro suspeito de matar Bakri, Francisco Macedo da Silva, de 24 anos, foi preso e disse à polícia que cometeu o crime por ciúmes da namorada, que teria sido paquerada pelas vítimas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.