Preso sargento aposentado suspeito de matar homossexuais

Treze pessoas foram assassinadas no Parque dos Paturis, em Carapicuíba; Justiça decretou prisão por 30 dias

da Redação

10 Dezembro 2008 | 21h14

Foi detido na noite desta quarta-feira, 10, em Osasco, um ex-sargento da Polícia Militar suspeito de envolvimento no assassinato de 13 pessoas no Parque dos Paturis, em Carapicuíba, na Grande São Paulo, segundo o Jornal Nacional, da TV Globo. Os crimes correram entre fevereiro de 2007 e agosto deste ano. A Justiça decretou a prisão do acusado por 30 dias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.