Preso por assalto no PR

Deputado estadual em São Paulo, Luiz Moura (PT) é ligado ao secretário municipal de Transportes, Jilmar Tatto, e viveu um conturbado período de sua vida nos idos de 1990. Então "vendedor autônomo", como se declarava, ele foi preso no interior do Paraná e também em Santa Catarina por assalto à mão armada. Pegou 12 anos de condenação e confessou uso de drogas.

O Estado de S.Paulo

24 Maio 2014 | 02h01

Ficou pouco mais de um ano e meio na prisão e evadiu-se. Em 2005, a Justiça concedeu-lhe a reabilitação, tendo em vista "bom comportamento, tanto público como privado" - tecnicamente, a Justiça limpou a ficha criminal, abrindo-lhe a porta para a aventura no mundo da política. Elegeu-se parlamentar pelo PT em 2010.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.