Preso PM suspeito de envolvimento em morte

O capitão da PM Dennys Leonard Nogueira Bizarro, acusado de envolvimento na morte do coordenador da ONG AfroReggae Evandro João da Silva, de 42 anos, em outubro de 2009, no Rio, foi punido ontem com 30 dias de prisão administrativa por prevaricação. A conduta do cabo Marcos de Oliveira Sales, o outro PM envolvido, será avaliada hoje pela Corregedoria Interna da corporação. Os dois teriam omitido socorro à vítima, assaltada, impedido a fuga dos bandidos e tomado para si os objetos roubados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.