Preso o sétimo acusado de espancar metalúrgico em Sorocaba

Vítima saiu da UTI, mas continua internada e corre risco de ficar com seqüelas; 8º agressor continua foragido

José Maria Tomazela, O Estado de S.Paulo

25 de junho de 2008 | 16h15

Foi preso nesta quarta-feira, 25, Everton Airton Brás de Lima, de 19 anos, o sétimo envolvido na violenta agressão ao metalúrgico Fabiano Dias Rodrigues, de 24 anos, na saída de uma boate, em Sorocaba, no último dia 1º. O espancamento foi filmado por uma câmera instalada na fachada do estabelecimento. Lima, que estava com a prisão temporária decretada pela justiça, foi apresentado ao delegado José Ordele de Lima, do 5º Distrito Policial, por seu advogado.Depois de ser interrogado, foi levado algemado para a Cadeia Pública de Mairinque.   O oitavo agressor, Willy Rosi Athayde, de 19 anos, continua foragido. O delegado vai pedir sua prisão preventiva. Caso não seja encontrado, será indiciado à revelia. O inquérito deve ser concluído em uma semana. Os acusados - dois deles menores de idade - responderão pelo crime de tentativa de homicídio. A vítima continua internada num hospital de Sorocaba, mas está se recuperando. Rodrigues saiu da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e já se alimenta, mas não está afastado o risco de apresentar seqüelas.

Tudo o que sabemos sobre:
metalúgicoagressãoSorocaba

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.