Preso mandou queimar 13 ônibus, diz polícia

Um presidiário da Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, Região Metropolitana de Belo Horizonte, foi apontado ontem pela Polícia Civil como responsável pelas ordens para incendiar 13 ônibus na Grande BH nas últimas semanas. Cléverson da Silva Oliveira, de 27 anos, teria confessado seu envolvimento. Os ataques começaram após pente-fino no presídio, quando foram encontrados celulares, drogas e armas brancas. Os ataques seriam também uma forma de retaliação contra mudanças na direção da cadeia.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.