Preso liberado para o Dia das Mães não tem mãe

Horas depois de deixar a Penitenciária de Sorocaba, no interior paulista, pelo benefício da saída temporária de Dia das Mães, Fernando Silvério Alves, de 33 anos, o Gordo, condenado por roubo, foi preso na noite de sexta, na Avenida Rudge, região norte da capital, após realizar, com um comparsa, um assalto a frentistas e clientes de um posto de gasolina, na Avenida Rio Branco, armado com um revólver calibre .38. Em depoimento à polícia, porém, Gordo disse que sua mãe já estaria morta há anos. A Polícia Civil vai comunicar o fato à Secretaria de Administração Penitenciária, para apuração sobre a concessão do benefício ao preso.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.