Preso garçom suspeito de sequestrar estudante em São Paulo

Vítima morreu de overdose de coquetel 'boa noite cinderela' em junho

Priscila Trindade, estadão.com.br

18 Julho 2011 | 10h27

SÃO PAULO - Um garçom, de 24 anos, foi preso no final da semana passada, suspeito de sequestrar o estudante Kennedy Santos de Jesus, de 17 anos, em São Paulo. A vítima morreu de overdose após ingerir alta dosagem do coquetel conhecido como "boa noite cinderela".

 

O estudante foi rendido nas proximidades de casa, no Jardim das Oliveiras, zona leste da capital, no dia 31 de maio. Nesse mesmo dia, o bandido passou a exigir dos pais da vítima R$ 200 mil para libertar o jovem. O jovem morreu depois de ficar dois dias no cativeiro, no Itaim Paulista.

 

Depois de um mês de investigação, o suspeito foi detido em sua casa, na rua Leonor de Barros Lemes Navarro, Itaim Paulista, por policiais civis da Divisão Antissequestro (DAS) do Departamento de Investigações Sobre Crime Organizado (Deic). Segundo a polícia, o garçom confessou o crime. Ele disse que frequentava a academia de musculação do pai do estudante.

 

O garçom também é apontado como responsável pelo sequestro de outra pessoa. A mulher de um comerciante também foi sequestrada no dia 31 de março. Ela foi libertada após pagamento de resgate e permaneceu durante 48 horas em um cativeiro.

 

A polícia investiga a participação do grupo em outros sequestros. O preso está no 77º Distrito Policial e será encaminhado novamente à sede da Divisão Antissequestro do Deic.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.