Preso em SP foragido do RS que usava tornozeleira de monitoramento

Condenado por extorsão pensava que alarme seria emitido apenas se rompesse a alça do equipamento

Pedro da Rocha, da Central de Notícias,

11 de novembro de 2010 | 21h35

SÃO PAULO- A polícia prendeu nesta quinta-feira, 11, o gaúcho Carlos Diehl Pinto, de 45 anos, foragido do Rio Grande do Sul desde 22 de outubro deste ano. Detido em Bragança Paulista, ele foi localizado por meio da tornozeleira de monitoramento de presos, que usava.

 

O procurado pensou estar livre de ser rastreado pelos sinais emitidos. Ele preferiu manter o equipamento por acreditar que a ruptura da alça ativaria um sistema de alarme e facilitaria a sua localização.

 

Diehl trabalhava como coordenador em uma clínica de recuperação de dependentes químicos quando foi preso, em operação conjunta entre o Departamento de Investigações sobre Crime Organizado (Deic) e órgãos de segurança do governo gaúcho. Ele é considerado um dos principais golpistas do Rio Grande do Sul e também tem condenação por extorsão. Os policiais gaúchos devem chegar em São Paulo amanhã.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.