Preso cientista acusado de fraude de 4 milhões

Procurado pela Interpol, um cientista alemão acusado de fraude foi preso anteontem pela Polícia Federal em Florianópolis. O cientista, cujo nome não foi divulgado, aguarda extradição para a Alemanha. A PF disse que ele morava na capital catarinense desde janeiro. O alemão arrecadou 4 milhões para desenvolver uma teoria científica infundada sobre segurança bancária online. Ele foi condenado na Alemanha e em dezembro de 2011 passou a ser foragido internacional.

O Estado de S.Paulo

25 Outubro 2012 | 03h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.