Preso acusado de matar viúva de milionário

O advogado e ex-deputado português Domingos Duarte Lima, de 55 anos, acusado de matar em dezembro de 2009 a secretária Rosalina da Silva Cardoso Ribeiro, de 74, em Saquarema, no Rio, foi preso ontem em Portugal. Ele é acusado de desvio e lavagem de dinheiro e não será extraditado. Segundo a polícia do Rio, Rosalina transferiu dinheiro que tinha com o marido, o milionário Lúcio Ceteira, após a morte dele. Parte foi para uma conta do advogado. Como ela se recusou a isentá-lo do esquema, Lima teria decidido matá-la.

O Estado de S.Paulo

18 Novembro 2011 | 03h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.