Preso acusado de matar universitário da FGV

A polícia do Paraná prendeu ontem, em Cascavel, o segundo suspeito de matar o universitário Julio César Grimm Bakri, de 22 anos. O crime aconteceu em um bar na Av. 9 de Julho, perto da Fundação Getúlio Vargas (FGV), no dia 23. Valmir Ventino da Silva, de 19, foi levado ainda ontem para Curitiba. O outro suspeito, Francisco Macedo da Silva, de 24, está preso. Ele disse que cometeu o crime por ciúmes da namorada, que teria sido paquerada pela vítima.

, O Estado de S.Paulo

06 Março 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.