Preso acusado de estuprar e matar mulheres no interior de SP

Homem estrangulou jovens e abusou de adolescente, que conseguiu fugir; ele estaria bêbado na hora do crime

Solange Spigliatti, Central de Notícias

29 de outubro de 2009 | 13h20

O suspeito de ter participado do assassinato de duas mulheres e violentado uma adolescente, de 15 anos, na madrugada do último sábado, em Piracicaba, no interior de São Paulo, foi preso na quarta-feira, 28, em Santos, no litoral sul do Estado. Segundo a Secretaria de Segurança Pública, após identificar o suspeito como Aparecido dos Santos Amaral, de 24 anos, a polícia descobriu que ele já tinha passagem por roubo.

 

Depois de uma denúncia, os policiais chegaram ao suspeito na cidade litorânea. Amaral confessou o crime e disse que estava embriagado ao cometer os assassinatos e o estupro. A polícia ainda não divulgou os detalhes da prisão. O crime aconteceu por volta das 2 horas de sábado, no bairro Serra Verde. As três mulheres saíam de uma festa, no Jardim Alvorada, quando foram abordadas pelo criminoso. Ele estrangulou Aline Paschoal e Therezinha Gomes Barbosa e estuprou a adolescente que, num momento de distração de Amaral, conseguiu fugir.

Tudo o que sabemos sobre:
PiracicabaestuproviolênciaSPpolícia

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.