Preso 2.º suspeito de participar de arrastões na Marginal do Pinheiros

Na quinta-feira, os dois acusados, procurados pela Justiça, foram detidos na região dos crimes

Priscila Trindade, estadão.com.br

17 de junho de 2011 | 08h39

SÃO PAULO - A Polícia Militar prendeu ontem o segundo suspeito de praticar arrastões na Marginal do Pinheiros, em São Paulo. Um comparsa havia sido detido mais cedo. A dupla tinha passagem pela polícia por porte ilegal de armas, roubo e formação de quadrilha, e era procurada pela Justiça.

Um segurança particular, de 23 anos, foi preso no final da tarde de ontem, na Ponte Estaiada. Ele é suspeito de ser o chefe da quadrilha que realizou um arrastão na Marginal na última segunda-feira. O suspeito estava na garupa de uma moto quando foi abordado pelos policiais. O preso foi levado para o 96º Distrito Policial, em Monções, onde a ocorrência foi registrada.

Outro suspeito de participação nos roubos foi preso horas depois embaixo da Ponte Morumbi enquanto vendia amendoins. O vendedor ambulante, de 28 anos, era procurado por roubo e formação de quadrilha. Ele foi encaminhado ao 34º Distrito Policial, na Vila Sônia.

Casos. Sete pessoas foram vítimas de ladrões na segunda-feira. Os criminosos estouraram o vidro dos carros para furtar bolsas e objetos de valor, por volta das 19h30.

 

Com a onda de crimes, a Polícia Militar reforçou a segurança na região, inclusive com apoio do helicóptero Águia. Mesmo assim, ontem, mais um casal foi roubado no início da noite.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.