Presidiário é espancado até a morte em cela

SOROCABA (SP)

, O Estado de S.Paulo

03 de maio de 2010 | 00h00

Luiz Cássio do Prado, de 21 anos, o Fininho, preso por tráfico de drogas, foi espancado até a morte em uma cela, na noite de sábado, no Centro de Detenção Provisória de Sorocaba. O laudo do Instituto Médico-Legal revelou morte por hemorragia e fraturas. Segundo a administração do CDP, ele teria sido morto por causa de dívidas. Três pessoas participaram do crime.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.