Presidente do TJ volta a proibir camelô nas ruas

O presidente do TJ-SP, Ivan Sartori, voltou a suspender decisões liminares que autorizavam a permanência de ambulantes na capital paulista. Uma delas havia sido concedida na semana passada e permitia o trabalho dos camelôs com licença até julgamento do recurso, previsto para quarta-feira. Mas Sartori restaurou decisão anterior.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.