Presidente do IAB-SP morre atropelado na zona sul de SP

Arquiteto havia se licenciado da presidência para concorrer a uma vaga de vereador na capital

Ricardo Valota, do estadão.com.br,

28 de julho de 2008 | 02h22

O presidente licenciado do Instituto de Arquitetos do Brasil, seção São Paulo (IAB-SP), Joaquim Manoel Guedes Sobrinho, 76 anos, morreu atropelado, por volta das 20 horas deste domingo, em frente ao seu apartamento, na Avenida Nove de Julho, região do Jardim Paulista. Sobrinho se licenciou para concorrer a uma vaga na Câmara Municipal de São Paulo. Segundo boletim de ocorrência registrado no 15º Distrito Policial, do Itaim Bibi, Sobrinho atravessava a avenida, próximo à esquina com a Rua Groenlândia, quando foi atingido por um veículo, de placa e marca não anotados por testemunhas. O trecho tem pouca iluminação. Possíveis imagens gravadas por câmeras da Companhia de Engenharia de Tráfego(CET) e de edifícios vizinhos serão solicitadas pela polícia na tentativa de se esclarecer o suposto acidente. Há pouco mais de um mês, Joaquim Guedes havia pedido afastamento temporário do IAB-SP pois pretendia concorrer a uma vaga de vereador do município de São Paulo. Ele também era professor aposentado da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) da USP e já lecionou na Escola de Arquitetura de Estrasburgo, na França.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.