Presidente do Chile lembra vítimas com minuto de silêncio

Na cerimônia de encerramento da reunião da Comunidade de Estados Latino Americanos e

O Estado de S.Paulo

28 Janeiro 2013 | 02h07

Caribenhos (CELAC) com a União Europeia, o presidente do Chile, Sebastian Piñera, abriu seu discurso pedindo aos chefes de Estado e de governo presentes que se levantassem, ficassem de pé e fizessem um minuto de silêncio em respeito às centenas de mortos na tragédia de Santa Maria.

Durante a reunião fechada dos presidentes, realizada pouco antes, o ministro das Relações Exteriores brasileiro, Antonio Patriota, informou que estava representando a presidente Dilma Rousseff, que deixou o encontro para ir a Santa Maria dar apoio às famílias das vítimas da tragédia./ TÂNIA MONTEIRO, ENVIADA ESPECIAL A SANTIAGO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.