Presas fogem de cadeia feminina em Santos

Das 40 mulheres que participaram da fuga pelo menos 30 já foram recapturadas; carceragem está superlotada

26 de novembro de 2007 | 02h13

Um grupo de 40 presas fugiu na manhã deste domingo, 25, da carceragem da Cadeia Pública Feminina de Santos, litoral sul paulista. Até a madrugada desta segunda-feira, pelo menos 30 já haviam sido recapturadas. A fuga ocorreu após as detentas renderem uma agente carcerária, que teve a arma tomada. Na fuga, uma das presas atirou contra policiais militares, foi baleada em um dos pés e encaminhada ao pronto-socorro municipal central. Um revólver calibre 38 foi apreendido pela PM. Situada na Avenida Dr. Waldemar Leão, no bairro do Jabaquara, a cadeia feminina, ao lado do 02º Distrito Policial, foi construída para abrigar 60 presas, mas possui mais de 180 mulheres.

Tudo o que sabemos sobre:
Santosfugasistema penitenciário

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.