Presa suspeita de roubar bebê no Paraná

CURITIBA

Evandro Fadel, O Estado de S.Paulo

31 Março 2011 | 00h00

A polícia de Curitiba prendeu ontem Eva Cássia Ferrarezi Zeglan, de 40 anos, a caminho de Foz do Iguaçu. Ela é suspeita de ter matado, por asfixia, a adolescente Paloma dos Santos Agostinho, de 16, na quinta-feira, jogado o corpo às margens de uma estrada, raptado seu filho recém-nascido e o abandonado na frente de uma igreja em Guaraniaçu.

Segundo a polícia, no carro em que ela estava havia fraldas, lenços umedecidos e a certidão de nascimento da criança. "Os indícios de autoria são fortíssimos", disse o delegado de Guaratuba, Claudimar Lúcio Lugli.

Eva é vizinha de familiares da vítima. Ela nega o homicídio, mas admite que abandonou a criança, que está sob a guarda do conselho tutelar.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.