Presa sai pela porta da frente, mas fuga só é notada após 5 dias

Suspeita é de que ela saiu junto com parentes em dia de visitas; inquérito vai apurar o caso no interior de SP

Fabiana Marchezi, do estadao.com.br,

19 de agosto de 2008 | 14h57

A fuga de uma presa em Caçapava, no Vale do Paraíba, só foi notada cinco dias depois dela sair pela frente da cadeia feminina. Janaina Paula de Jesus, de 20 anos, estava presa desde o dia 26 de maio, acusada de tráfico de drogas, e saiu pela porta da frente da prisão. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado, os carcereiros só deram falta dela na segunda-feira, 11, cinco dias depois da fuga, que provavelmente aconteceu na quarta-feira, 6, durante a saída dos parentes e amigos que visitavam as detentas. A falta de Janaína foi notada durante a contagem das presas.  O delegado seccional de São José dos Campos, Emídio Machado Neto, informou que foi instaurado inquérito para apurar as circunstâncias da fuga. Ainda segundo a SSP, todas as presas já foram ouvidas e outras testemunhas, como parentes de detentas, devem prestar depoimento. A Corregedoria da Polícia Civil também foi avisada e deve apurar se houve facilitação de fuga. A cadeia tem capacidade para 70 presas. 

Tudo o que sabemos sobre:
fuga de presos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.