Presa loira de gangue que agia em São Paulo

A Polícia Civil prendeu na sexta-feira, em Curitiba, Carina Geremias Vendramini, de 25 anos, integrante da gangue das loiras, acusada de mais de 50 sequestros relâmpagos na Grande São Paulo desde 2008. Segundo a polícia, a gangue tem 5 loiras e uma morena, chefiadas por Vagner de Oliveira. As jovens são responsáveis por atrair as vítimas. Carina confessou o crime e foi reconhecida por três vítimas.

O Estado de S.Paulo

20 Março 2012 | 03h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.