Presa acusada de enviar bombons envenenados

Foi presa ontem em Santa Catarina a mulher suspeita de colocar veneno em doces entregues em uma festa de 15 anos, no dia 12, em Curitiba (PR). Uma adolescente de 14 anos ficou em estado grave - outras 4 também passaram mal. Segundo a Delegacia de Homicídios de Curitiba (PR), Margareth Aparecida Marcondes, de 45 anos, foi achada por policiais dormindo em um carro, em Barra Velha (SC).

O Estado de S.Paulo

01 Abril 2012 | 03h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.