Premiê promete apurar acidente com rigor

Homens do Exército e voluntários recomeçaram ontem as buscas pelo estudante cearense João Felipe Martins de Melo e dois colegas neozelandeses que caíram de um penhasco no mar de New Plymouth. O premiê John Kay prometeu investigação completa e rigorosa. Mergulhadores da polícia analisaram as condições do mar e decidiram não iniciar buscas submarinas, ontem, por falta de segurança, segundo o inspetor Frank Grant. As autoridades locais não têm mais esperanças de achar as vítimas com vida.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.