Prefeitura vai exigir diesel menos poluente

ÔNIBUS

, O Estado de S.Paulo

31 de agosto de 2010 | 00h00

A Petrobrás Distribuidora pode ser autuada em R$ 100 mil mensais por causa do fornecimento de diesel do tipo S-500, com maior teor de enxofre, para os ônibus paulistanos. A Agência Nacional de Petróleo (ANP) autorizou o fornecimento em caráter excepcional para que a frota não ficasse desabastecida. O uso do S-500 descumpre acordo judicial assinado em 2008. A Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente vai exigir que a fornecedora restabeleça a entrega do diesel S-50, menos poluente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.