Prefeitura vai exibir jogos da Copa em 6 locais para mais de 120 mil pessoas

Além do Vale do Anhangabaú, que receberá o Fifa Fan Fest, gestão Haddad quer colocar telões em outras cinco áreas da capital, incluindo parques e praças na periferia

Fabio Leite, O Estado de S. Paulo

30 de janeiro de 2014 | 12h16

DE SÃO PAULO - A Prefeitura de São Paulo planeja fazer seis grandes eventos de exibição pública dos jogos da Copa do Mundo da Fifa para mais de 120 mil pessoas em diferentes regiões da capital, incluindo áreas da periferia. Além do Vale do Anhangabaú, no Centro, onde ocorrerá o Fifa Fan Fest, evento oficial do torneio, a gestão Fernando Haddad (PT) quer levar telões para outros cinco locais espalhados em parques e praças das zonas norte, sul e leste da cidade.   

A Secretaria Municipal de Coordenação das Subprefeituras publicou nesta quinta-feira, 30, no Diário Oficial da Cidade, um chamamento público buscando parceiros da iniciativa privada para realização dos seis eventos, que ocorrerão entre os dias 12 de junho, data do jogo de abertura entre Brasil e Croácia, no Itaquerão, zona leste, e 13 de julho, data da final do torneio, no estádio do Maracanã, no Rio.

As empresas interessadas têm uma semana para apresentar as propostas de realização dos eventos, que deverão ser realizados entre 10h e 22h nos dias em que houver jogos da Copa, conforme o calendário oficial do evento. Os projetos devem conter os croquis do que será feito nos locais, cronogramas de exibição, e contrapartidas de melhorias urbanas, ambientais e paisagísticas a serem realizadas na região do evento.

Segundo a Prefeitura, a empresa escolhida será a que oferecer "contrapartidas que melhor atendam ao interesse público da região" dos eventos e que "ofereça investimentos de maior valor na região". A proposta precisará de autorização prévia da Fifa e os custos ficam a cargo da administração municipal e do parceiro privado. 

Locais dos eventos de exibição dos jogos da Copa:

Praça do Samba, em Perus (zona norte): média de 5 mil pessoas 

Parque da Juventude, em Santana (zona norte): média de 50 mil pessoas

Parque do Povo, no Itaim Bibi (zona sul): média de 7 mil pessoas 

Praça Benedicto Rodrigues, em Ermelino Matarazzo (zona leste): média de 10 mil pessoas

Praça João Tadeu Priollli, no Campo Limpo (zona sul): média de 15 mil pessoas

Vale do Anhangabaú, no Centro: de 5 mil a 40 mil pessoas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.