Prefeitura romperá com empresa nos próximos dias

A gestão de Fernando Haddad (PT) deve romper o contrato com a empresa Controlar, que faz a inspeção veicular, nos próximos dias. "Caso a Procuradoria do Município dê por encerrado o contrato, só há uma maneira (de escolher a substituta), que é por meio de licitação", afirmou Haddad. O serviço deve ser dividido entre quatro empresas. A reportagem apurou que a Procuradoria já deu parecer favorável ao rompimento do contrato. A Controlar afirmou que não foi notificada e que "cumpre fielmente os termos do contrato de concessão, válido até 2018". A empresa afirma que os serviços continuam sendo prestados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.