Prefeitura recorre contra permissão

A Prefeitura recorreu ontem contra liminar da 24.ª Vara Federal que permite que a Feira da Madrugada, no Brás, funcione enquanto é reformada pelos próprios comerciantes. A administração quer a saída dos lojistas para dar continuidade ao plano de reforma e usa como argumento ofício dos bombeiros que diz que as medidas previstas na liminar são insuficientes para garantir a segurança.

O Estado de S.Paulo

10 Maio 2013 | 02h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.