Prefeitura recolhe 783 carros abandonados das ruas em junho e julho

Lei municipal considera abandonado um carro deixado por mais de cinco dias no mesmo lugar

20 de agosto de 2012 | 12h24

SÃO PAULO - O estadão.com.br lançou em maio deste ano uma campanha com a ajuda dos leitores para mapear os carros abandonados pelas ruas de São Paulo. Um mês depois, a Prefeitura realizou um mutirão durante 60 dias - nos meses de junho e julho - para recolher veículos abandonados.

Durante esse período, foram retirados 783 veículos negligenciados das ruas da capital paulista. A média recolhida - 13 por dia - é três vezes maior que a média diária do ano passado como um todo, de acordo com balanço da Secretaria de Coordenação das Subprefeituras em parceria com a Secretaria Municipal de Transportes.

A Prefeitura informou que outros 1.483 carros também foram retirados das ruas por seus proprietários após comunicação da administração municipal, totalizando 2.266 veículos removidos das vias públicas. Com os 783 veículos recolhidos em junho e julho, o ano de 2012 soma 1.344 veículos enviados para pátios, contra 1.500 em todo ano passado.

Em maio deste ano, um decreto determinou que as Secretarias de Coordenação das Subprefeituras e de Transportes realizassem um esforço concentrado para a retirada de veículos abandonados em vias públicas.

Leilões. Para esvaziar os pátios das subprefeituras, responsáveis por abrigar os carros, são realizados leilões de carcaças periodicamente. O próximo leilão ocorrerá nesta terça-feira, dia 21, em Cidade Adhemar, zona sul da capital.

Legislação. A Lei Municipal 13.478, de 2002, prevê é considerado abandonado um carro com mais de cinco dias no mesmo lugar. O prazo vale a partir de uma notificação da subprefeitura responsável, colada no vidro do veículo.

A autuação é feita por meio de flagrantes ou, na maioria dos casos, por denúncias feitas pela população no SAC da Prefeitura - número 156. Caso o prazo expire, o carro é guinchado para o pátio da subprefeitura e o proprietário multado em R$ 12 mil. O dono pode reaver o bem em até 60 dias, depois de pagar os custos de remoção e estacionamento. Caso contrário, se não tiver dívidas, o carro vai a leilão.

Mapa colaborativo. Atualizado até julho, o mapa reúne dezenas de carros em toda região metropolitana da capital, mas não aponta quais carros foram retirados das ruas. Você pode continuar enviando fotos de veículos abandonados com data e o endereço para estadao.cidades@gmail.com; além de ilustrar o mapa do abandono, o endereço será repassado para a assessoria da Prefeitura, que poderá dar o encaminhamento adequado.

Visualizar Carros abandonados em São Paulo em um mapa maior

Mais conteúdo sobre:
carroabandonadoprefeitura

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.