Prefeitura quer acabar com 'sopão' na rua

A Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social pretende levar entidades filantrópicas que distribuem alimentos para moradores de rua em seis pontos do centro de São Paulo para trabalhar nas tendas municipais.

Bruno Paes Manso, O Estado de S.Paulo

02 de junho de 2010 | 00h00

No próximo mês, um projeto piloto vai ampliar o horário de funcionamento das duas tendas do Parque D. Pedro II para a meia-noite - atualmente, funcionam das 8 às 20 horas - com a intenção de fazer com que as entidades distribuam comida nos locais durante o período noturno. "É uma forma de aumentar o grau de civilidade em São Paulo, criando condições para que as pessoas comam fora das ruas", afirma a secretária de Assistência Social, Alda Marco Antonio.

Existem mais de 40 grupos distribuindo alimentos no centro, segundo estimativa da Prefeitura. A maior concentração é no Pátio do Colégio, onde atuam cerca de 30 entidades. Outros lugares em que a Prefeitura pretende intervir são o Largo São Francisco, a Rua da Abolição, Praça da Sé e a Rua Frederico Steidel, em Santa Cecília. "Pode ser uma ideia interessante, mas ainda precisamos ver em detalhes como a Prefeitura pretende organizar esse trabalho", diz Marcelo Boscoli Batista, coordenador do Grupo da Sopa, que atua no centro.

Nos próximos 45 dias, a Prefeitura pretende abrir três tendas na Avenida 9 de Julho, Rua da Mooca e em Santa Cecília. "O banho e trabalhos com educadores era o atrativo inicial da tenda. Recebemos hoje 750 pessoas por dia. Queremos aumentar a frequência com a distribuição de comidas. A tenda vai funcionar como o primeiro passo para que o morador de rua mude de condição", diz a secretária.

Drama social

13.666

pessoas moram nas ruas ou dormem em albergues municipais em São Paulo

41,9%

das pessoas que dormem nas ruas (2.675) se acomodam nos arredores das Praças da Sé ou

da República

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.