Prefeitura prevê que obras antitrânsito comecem até abril

'Pacotão' com 19 medidas deveria começar a valer já nesta segunda-feira; apenas 1 proposta foi adotada

Carina Flosi e Humberto Maia Júnior , Jornal da Tarde

24 de março de 2008 | 09h00

Até o começo de abril, a Prefeitura de São Paulo deve começar obras nos pontos considerados críticos: o acesso ao Terminal Bandeira, o cruzamento da Avenida João Dias com a Rua Itapaiúna, Avenida Robert Kennedy com Avenida Professor Papini e a Avenida Guarapiranga com Avenida Guido Caloi. Para aumentar a fiscalização do trânsito, a Prefeitura contratará 320 funcionários ainda neste semestre, e 167 lombadas e valetas serão retiradas das ruas de grande movimento.   VEJA TAMBÉM O tráfego agora   As rotas alternativas para fugir do congestionamento As obras e propostas de estacionamento da Prefeitura e opine    Deveriam começar a valer nesta segunda-feira, 24, algumas das medidas do 'pacotão' anunciado pela Prefeitura de São Paulo, na semana passada, para tentar melhorar o trânsito na cidade. O motorista já conta com o novo corredor virtual de ônibus na Rua Clélia, na Lapa, zona oeste, no trecho entre a Praça Cornélia e a Avenida Pompéia. A faixa exclusiva será no lado esquerdo da via, limitada por pintura no asfalto e placas. Segundo a Secretaria dos Transportes, a faixa de ônibus será necessária somente das 6 às 11 horas. No fim da tarde e no começo da noite, o corredor não será exclusivo, uma vez que o movimento maior se concentra no sentido contrário, da Rua Guaicurus para o Mercado da Lapa.   A proibição de estacionamento e restrição de carga e descarga de caminhões em 13 importantes vias e corredores de grande fluxo de veículos também começariam a valer nesta segunda. Além de corredores de ônibus e restrições de paradas, o pacote prevê 175 rotas alternativas, 19 obras viárias e 22 obras em terminais. Das 19 obras, quatro já estão em andamento e devem ser concluídas até o final de maio. Outras 11 devem ficar prontas até julho, como a adequação das pistas e de semáforos na Avenida Ipiranga e Consolação. As quatro restantes não têm data para saírem do papel.   No cruzamento da Avenida Robert Kennedy com a Rua Olívia Guedes Penteado, na zona sul, estão sendo feitas reformulações viárias, nos semáforos e no ponto de parada para que a velocidade dos ônibus aumente. Até abril, a Estrada do M'Boi Mirim, na zona sul, terá um corredor para ônibus. Também estão em obras três terminais de ônibus - Vítor Manzini, na Ponte do Socorro, e Rio Bonito, na Avenida Guarapiranga, e Parada das Belezas, na Estrada de Itapecerica, todos na zona sul. Na zona leste, a Avenida Celso Garcia ganhará nova sinalização e uma faixa de ônibus.

Tudo o que sabemos sobre:
congestionamentoSão Paulotrânsito

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.