Prefeitura multa clube onde Renascer realiza cultos

Até a entrega de alvará, o clube estava proibido de realizar qualquer tipo de evento

Fabiana Marchezi, do estadao.com.br,

25 Janeiro 2009 | 17h48

O Club Homs, localizado na Avenida Paulista, onde os fiéis da Renascer realizam cultos neste domingo, 25, recebeu pelo menos quatro notificações de multa por realizar eventos antes de apresentar alvará de funcionamento à Prefeitura de São Paulo.   De acordo com a Secretaria de Coordenação das Subprefeituras, na última sexta-feira, 23, assim que a subprefeitura de Pinheiros foi informada de que os cultos da igreja aconteceriam no local, uma agente vistora foi ao estabelecimento e pediu a documentação.   Como os responsáveis pelo clube não apresentaram o alvará, receberam uma notificação de multa no valor de R$ 34,5 mil e uma intimação para apresentarem o documento no prazo de cinco dias. Neste período, até a entrega do documento, o clube estava proibido de realizar qualquer tipo de evento. Porém, no sábado, 24, o estabelecimento autorizou a realização de um casamento e foi notificado em R$ 1,8 mil.   Ainda segundo a secretaria, neste domingo, agentes vistores foram ao local às 15h, às 17h e às 19 horas e confirmaram a realização dos três cultos, que resultaram em mais três notificações no valor de R$ 1,8 mil cada.   Procurado, o assessor de imprensa do clube não foi encontrado para falar sobre o caso.

Mais conteúdo sobre:
Renascer Homs

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.