Tiago Queiroz/Estadão
Tiago Queiroz/Estadão

Prefeitura de São Paulo investiga poda irregular com motosserra

Caso havia sido denunciado por moradora da Vila Mariana; valor cobrado por corte ilegal era de R$ 2 mil

Renata Okumura, O Estado de S. Paulo

01 de novembro de 2019 | 22h46

SÃO PAULO - Uma denúncia nas redes sociais feita por uma moradora da Vila Mariana, na zona sul de São Paulo, chamou a atenção da equipe da Prefeitura. O relato, publicado há quatro meses, dizia que um coqueiro de mais de 40 anos tinha sido cortado com uma motosserra. A reclamação levou à descoberta de um grupo que faz poda irregular, como mostrou reportagem do jornal Folha de S. Paulo nesta sexta-feira, 1º. 

Segundo a subprefeitura, ao verificar que não se tratava de um serviço da administração municipal, o subprefeito Fabricio Cobra buscou informações sobre o grupo que havia realizado o corte ilegal. Ele ligou para o número de telefone que constava em um cartão de visita, deixado por uma das pessoas que executaram o serviço irregular, e solicitou orçamento. O valor cobrado era de R$ 2 mil.

A subprefeitura afirma que está analisando a denúncia e foi aberta apuração interna sobre o caso. A A denúncia foi encaminhada ao Ministério Público e à Polícia Civil.  A Delegacia de Polícia da Divisão de Investigações sobre Crimes contra a Administração, do Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania (DPPC), instaurou inquérito para apurar o caso. Até o momento, três pessoas foram ouvidas e outras serão chamadas para prestar depoimentos.

No ano passado, a Prefeitura podou 89.668 árvores e realizou a retirada de 11.671.

Como funciona o serviço de poda: 

- Como solicitar a realização da poda de árvore?

Há três modos: pelo site; pelo telefone 156, ou pela praça de atendimento das subprefeituras.

- Como pedir a poda em caso de emergência?

Em situações extremas, ligar para os Bombeiros no telefone 193 ou para a Defesa Civil, no 199.

- Posso contratar poda particular?

Não. Só a subprefeitura da região está autorizada, até o momento, a realizar a poda ou a remoção de árvores no espaço público. O serviço é gratuito e nenhuma empresa tem permissão para realizar ou cobrar por ele. Quem o fizer comete crime ambiental e fica sujeito a multa.

- Como pedir poda em terreno particular?

Deve ser feito requerimento na subprefeitura da região, nas praças de atendimento. Com o pedido, é necessário anexar os motivos da poda, informação da espécie, um breve desenho ou esboço da localização da árvore no terreno, cópia do carnê do IPTU e um comprovante de endereço. Feito isso, a Prefeitura deve enviar um engenheiro agrônomo ao local para autorizar e auxiliar nos detalhes técnicos.

- Como denunciar uma poda irregular?

Pelos mesmos canais da Prefeitura para a solicitação de poda.

Tudo o que sabemos sobre:
Vila Marianacrime ambiental

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.