Helvio Romero
Helvio Romero

Prefeitura inicia instalação de muro verde de 1,4 mil m² na 23 de Maio

Painel ficará no lugar de grafite do muralista Eduardo Kobra, apagado pela Prefeitura após ser rabiscado por pichadores

Luiz Fernando Toledo, O Estado de S.Paulo

16 Março 2017 | 15h55

SÃO PAULO - A Prefeitura de São Paulo deu início à instalação de um "muro verde" na Avenida 23 de Maio, na zona sul de São Paulo. Motoristas que passaram pelo local nesta quinta-feira, 16, na altura do Viaduto Tutoia, já conseguem ver os primeiros painéis colocados na parede, na pista sentido bairro.

De acordo com a Prefeitura, a primeira fase do projeto tem previsão de término em 30 dias e terá uma área de 1.439 metros quadrados. As equipes deverão trabalhar de segunda a sexta-feira, das 23h às 5h e das 15h do sábado às 5h de segunda-feira.

O muro foi colocado no mesmo lugar em que estava um grafite do artista Eduardo Kobra, apagado pela Prefeitura de São Paulo depois de ter sido pichado. O painel do muralista foi atacado em meio à briga do prefeito João Doria (PSDB) e dos pichadores, em janeiro. 

Em seu lugar, os pichadores haviam feito rabiscos cinzas e um desenho de um boneco com o rosto de Doria, como se ele estivesse apagando o mural. A intervenção foi um protesto contra a ação da Prefeitura de apagar a maioria dos grafites realizados na via que, segundo a atual gestão, estavam "depredados".

Relembre os principais pontos da "guerra" entre Doria e os pichadores na cidade: 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.