Prefeitura inaugura dez residências terapêuticas

O prefeito Gilberto Kassab (PSD) inaugurou na última semana dez Residências Terapêuticas Especiais - casas que fazem parte do sistema de equipamentos criados pela Prefeitura para atender os usuários de drogas na capital. São duas unidades na zona sul, quatro na norte, duas no centro, uma na zona leste e uma no sudeste da cidade.

O Estado de S.Paulo

23 Julho 2012 | 03h03

As residências abrigam os dependentes químicos que perderam vínculos sociais e familiares e que já passaram por alguma unidade dos Centros de Atenção Psicossocial (Caps). São dez moradores em cada casa, responsáveis pela organização e pelas tarefas diárias.

Segundo o gerente da residência Cambuci 1, na região central, o psicanalista Antônio Sérgio Gonçalves, várias atividades são organizadas para que os dependentes criem uma rotina e voltem a ter convívio social. "São coisas pequenas, mas que dão a eles a sensação de controle da própria vida."

Durante a inauguração, o prefeito afirmou que as casas fazem parte de uma série de ações que incluem a construção do Complexo Prates, também no centro, e a Operação Centro Legal, na cracolândia. "São ações integradas que acontecem no momento certo", disse Kassab. / J.D.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.