Prefeitura inaugura biblioteca de cultura popular

Local contará com exibições de vídeos, cursos, livros, oficinas e shows diversos. E tudo gratuito

30 de julho de 2007 | 16h58

A Prefeitura de São Paulo irá inaugurar neste sábado, 4 de agosto, a Biblioteca Belmonte, em Santo Amaro, voltada para a cultura popular brasileira. O local contará com exibições de vídeos, cursos, livros, oficinas e shows diversos para os interessados no assunto. E tudo gratuito. Quem marca a inauguração deste novo espaço é o grupo "A Barca", com show programado para as 15 horas. Formado há nove anos, eles desenvolvem canções a partir de ritmos tradicionais garimpados por regiões do País. No sábado, o grupo deve trazer canções da coletânea "Trilha, Toada e Trupe", resultado de uma viagem que fizeram por nove Estados brasileiros, onde colheram tradições de mais de 30 comunidades. Outras atividades também estão agendadas no decorrer da próxima semana. Na segunda-feira, 6, acontecerá uma palestra com o pesquisador e presidente da Associação Cultural Cachuera, Paulo Dias, que abordará os batuques do Sudeste. Para o dia 11 está agendada uma apresentação do Batuque de Umbigada. Oficinas de batuques acontecerão de 8 de agosto a 26 de setembro. E cursos serão realizados, divididos em temas como o sarau sertanejo. Segundo a Secretaria Municipal de Cultura, a nova biblioteca terá, inicialmente, 400 títulos recém-adquiridos - que serão somados ao seu acervo geral de 64 mil livros. E contará com uma programação de cursos e oficinas que abordarão temas como folclore, tradições populares brasileiras e história das culturas africana e afro-brasileira. Para o desenvolvimento do novo espaço, o edifício da Belmonte passou por reformas estruturais e ganhou decoração nova e projeto paisagístico. A fachada recebeu pintura com temas populares do artista plástico Ernesto Bonato, e os ambientes internos foram adaptados com sinalização em xilogravuras da literatura de cordel.  O projeto das unidades temáticas busca fazer, das bibliotecas já existentes, pontos de encontro de pessoas com interesses comuns. A primeira unidade, a Biblioteca Alceu Amoroso Lima, na região de Pinheiros, foi aberta em setembro de 2006 e é voltada para a poesia. Segundo a Prefeitura, outras duas unidades devem ser inauguradas ainda neste segundo semestre. Em setembro será aberto um espaço voltado para o mundo musical, com foco na produção brasileira. Já em outubro, um outro espaço será rearranjado para tratar de contos de fadas.  Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (11) 5687-0408.

Mais conteúdo sobre:
Prefeiturabiblioteca Belmonte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.