Prefeitura faz investida contra bares irregulares

Uma das formas da Prefeitura para combater os transtornos é investir contra bares que estão abertos ilegalmente. A Secretaria de Coordenação das Subprefeituras informou que fechou cinco estabelecimentos por falta de licença de funcionamento ou por obras irregulares na região da Uninove, na Barra Funda. Outros dois receberam intimação e estão sujeitos a perda de licença. Ambos têm 15 dias para se adequar.

Renato Machado, O Estado de S.Paulo

15 Maio 2011 | 00h00

Bares também tiveram cassadas autorizações para colocar mesas e cadeiras na parte externa. A secretaria diz que o problema do barulho está sendo discutido de forma "pacífica" com os comerciantes. "Há três semanas, às quintas e sextas, os bares fecham às 22h e não vendem bebidas em garrafa", informou. Na última sexta-feira, no entanto, a reportagem verificou que os bares estavam abertos às 23h30.

A pasta disse que novas vistorias de barulho seriam feitas. Não houve resposta sobre a região das outras universidades.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.