Prefeitura entrega ao TJ documento sobre aumento da passagem de ônibus

Planilha com as informações será encaminhada ao Ministério Público para ser analizada em um prazo de 10 dias

Marcela Gonsalves, Central de Notícias

26 de abril de 2011 | 17h44

SÃO PAULO - A Prefeitura de São Paulo entregou nesta segunda-feira, 25, o documento solicitado no mês passado pelo Tribunal de Justiça (TJ), relativo ao aumento da tarifa de ônibus. O TJ exigiu que fossem prestadas informações para justificar a elevação da passagem de R$ 2,7 para R$ 3 no início do ano.

 

O processo será encaminhado nesta terça-feira, 26, ao Ministério Público0 (MP) e deverá ser analisado em um prazo de dez dias. O TJ não soube informar qual procurador ficará responsável pelo caso.

 

A solicitação foi feita em 22 de março pelo desembargador David Haddad. Ele é relator do mandado de segurança impetrado por Ítalo Cardoso, vereador e líder do PT na Câmara Municipal, que pede a suspensão do aumento da passagem. Em seu pedido, Ítalo salienta que a planilha utilizada pela São Paulo Transportes (SPTrans) é inflacionada e que as incongruências proporcionam um ganho exorbitante aos concessionários e permissionários, sem beneficiar a população.

Tudo o que sabemos sobre:
aumentoônibustjprefeiturasp

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.